Fabricante do software líder mundial em análise de risco e de decisão
ENGLISH I ESPAÑOL I PORTUGUÉS I FRANÇAIS I DEUTSCH I 日本語 I 中文 I РУССКИЙ
Estudos de Caso
Royal Veterinary College Usa o @RISK para Combater a Gripe Aviária

Fundado em 1792, o Royal Veterinary College (RVC) é a maior escola de veterinária do Reino Unido e um dos centros de pesquisa veterinária mais respeitados na Europa. Seu grupo de pesquisa de Controle de Doenças e Biologia da População tem seu foco na melhoria da compreensão dos fatores que influenciam a saúde dos animais e usam este conhecimento para desenvolver novas medidas para controlar e prevenir a ocorrência de doenças perigosas e infecciosas, muitas das quais têm implicações para a segurança alimentar e saúde humana.

Epidemiologia e Risco
Um elemento chave no trabalho desenvolvido por este grupo de pesquisa gira em torno do risco – tanto em termos do risco real associado com doenças dos animais bem como o risco relacionado com a forma pela qual se espalham e quão provável é que isto aconteça. Os estudos incluem questões domésticas de alerta baixo, como se alimentar o animal com um certo tipo de comida aumentará a chance de desenvolver uma doença particular, e também considerando as questões de saúde nacionais, como a gripe aviária, tuberculose e doenças do pé e da boca.

A abordagem focada em risco da RVC é guiada pela própria disciplina chave da epidemiologia – o estudo de fatores que afetam a saúde e doença das populações. Baseado na observação de que a maioria das doenças não ocorre aleatoriamente, mas estão relacionadas com características pessoais e pessoais que variam com o lugar, tempo e subgrupo da espécie, a epidemiologia está claramente conectada com a análise de risco. Neste contexto, tenta determinar quem está sensível a uma doença particular; onde o risco da doença é maior; quando a doença tem maior probabilidade de ocorrer e suas tendências no tempo; que exposição suas vítimas possuem em comum; quanto risco é elevado através da exposição; e quantos casos da doença podem ser evitados eliminando a exposição.

@RISK Fornece Expectativa
As capacidades em epidemiologia da RVC permitiram identificar e compreender os riscos associados com doenças específicas. Entretanto, para determinar atividades apropriadas para prevenir que infecções se espalhem, a RVC deve quantificar os riscos que identificou. Para fazê-lo, a RVC usa o software @RISK da Palisade. Compatível com o Excel, o @RISK usa a análise de Simulação de Monte Carlo para exibir todos os cenários potenciais, bem como a probabilidade de que cada um ocorra, fornecendo ao tomador de decisão a melhor descrição possível do cenário.

A experiência profissional da RVC estabelece exatamente que fatores devem ser considerados para cada cenários potencial. Em seguida, esta informação é usada para realizar análise de risco com o @RISK de forma que possa sugerir atividades e estratégias para reduzir os riscos associados com uma doença em particular.

O Risco Real de Gripe Aviária
A gripe aviária, altamente divulgada pela mídia, é uma ilustração útil de como a RVC é capaz de assistir na contenção de algo que é altamente percebido como ameaça severa devido a seu status de “nova” doença, uma entidade desconhecida. Nesta capacidade, a RVC apóia a Comissão Européia na determinação do risco que a doença chegue à Europa. O @RISK tem um papel crítico no trabalho da RVC.

Uma questão essencial que a RVC deve responder é a seguinte: qual a probabilidade de que um passaro migratório vindo para o Reino Unido esteja infectado. Os muitos aspectos que influenciam esta questão são alimentados em um modelo do @RISK que a RVC desenvolveu para este propósito. Por exemplo, quão prevalente é a doença naquela espécie particular de pássaro e quanto pássaros irão efetivamente migrar? A probabilidade de que pássaros migratórios entrem em contato com pássaros locais como, por exemplo, uma galinha de granja, devem também ser considerados – muitos pássaros tem maior probabilidade de se manter em terras molhadas onde os pássaros se congregam e só se misturam com outros pássaros selvagens. A temperatura também deve ser considerar porque os vírus sobrevivem mais tempo no frio.

Muito desta análise requer o extenso conhecimento especialista da RVC, e sua experiência e compreensão de relações e comportamentos biológicos e como o “sistema” opera. O Professor Dirk Pfeiffer, líder do grupo de pesquisa de Controle de Doenças e Biologia da População, explica: “Algumas espécies de pássaros selvagens não se misturam com outros e desta forma são menor ameaça de espalhar a doença. De forma similar, diferentes raças de pássaros migram em épocas diferentes do ano, o que é significativo na possibilidade de entrarem em contato com pássaros que estejam potencialmente infectados. Conhecimento aprofundado de fatores como estes permitem que tenhamos uma abordagem racional para situações que, na superfície, tem o potencial de sair totalmente de controle.”

@RISK Dá Suporte ao Conhecimento Especialista
A experiência humana da RVC é suplementada pela tecnologia da Palisade. Cálculos de fatores de risco influenciando a disseminação da gripe aviária para o Reino Unido resultam em um quadro de resultados que determina o curso de ação a ser tomado. Por exemplo, eliminar o frango nas fazendas infectadas e regiões próximas é a solução mais drástica. No entanto, se o modelo do @RISK indicar que a chance de um episódio particular de gripe aviária se espalhar é muito baixo, pode não ser necessária e a estratégia de assegurar que o frango não foi movimentado pode ser adotada alternativamente.

@RISK para Precisão
Professor Pfeiffer, que vem usando o @RISK por muitos anos, conclui: “Palisade é a Microsoft de softwares de análise de risco e desta forma é a única solução real da RVC para esta situação em particular. Lidamos com questões que possuem riscos de saúde significativos para animais e humanos, bem como impacto econômico, e é crítico que nosso software de suporte seja poderoso, sofisticado e flexível, adicionalmente à produção de resultados altamente precisos. O @RISK garante que forneçamos a melhor solução disponível para todos que dependem do nosso conhecimento e experiência.”

Sobre a RVC
Uma das 18 faculdades independentes da University of London, a RVC é a escola veterinária mais antiga do Reino Unido. É comprometida com a inovação e a manutenção de sua posição na vanguarda da pesquisa e prática veterinária, e se orgulha da qualidade internacional de seu trabalho de pesquisa.

A pesquisa da RVC é dividida em cinco temas: biologia músculo-esquelética; reprodução, genes e desenvolvimento; biologia cardiovascular e inflamatória; bem estar animal; e infecção e imunidade. O grupo de pesquisa de Controle de Doenças e Biologia da População opera com o último.

Como resultado de seus estudos, o grupo de pesquisa de Controle de Doenças e Biologia da População fornece consultoria e assume tarefas de comitê relacionadas à saúde e bem estar animal para várias organizações e departamentos governamentais em nível Nacional, Europeu e Internacional.

» @RISK
» Royal Veterinary College



Palisade Brasil
Praia de Botafogo,
nº 501 Sala 101, Botafogo
22250-000 Rio de Janeiro-RJ
+55 (21) 3958 1443
+1 607 277 8000 x318 tel
800 432 7475 x318 E.U.A.
vendas@palisade.com
Palisade
800 432 RISK (US/Can)
+1 607 277 8000
sales@palisade.com
www.palisade.com
Palisade EMEA & India
+44 1895 425050
salesEMEA@palisade.com
www.palisade.com
Palisade Asia-Pacific
+61 2 8249 8239
salesAP@palisade.com
www.palisade.com
Palisade アジア・
パシフィック
東京事務所
+81 3 5456 5287 tel
sales.jp@palisade.com
www.palisade.com/jp/
Palisade Latinoamérica
+1 607 277 8000 x318
800 432 RISK (EEUU/Canadá)
+1 607 277 8001 fax
+54 (11) 5252-8795 Argentina
+56 2581-3492        Chile
+507 836-5675        Panamá
+52 55 5350 2852   México
+51 1 708-6781       Perú
+57 1 508-5187       Colombia
servicioalcliente@palisade.com
ventas@palisade.com
www.palisade-lta.com