Fabricante do software líder mundial em análise de risco e de decisão
ENGLISH I ESPAÑOL I PORTUGUÉS I FRANÇAIS I DEUTSCH I 日本語 I 中文 I РУССКИЙ
Estudos de Caso
@RISK Ajuda na Limpeza em Great Salt Lake Wetlands

Com mais de 2000 acres ao longo da costa de Great Salt Lake, a Kennecott Southshore Wetlands é um habitat importante para pássaros costeiros migratórios e fauna marinha. Kennecott Utah Copper, a segunda maior produtora de cobre nos Estados Unidos quer que as terras molhadas (wetlands) se mantenham vivas.

Preocupações com os altos níveis de selênio nas águas molhadas levou a Kennecott Utah Copper a contratar o modelador ecológico Dr. John Toll e uma equipe de experts em vida selvagem e toxicologia para um estudo de avaliação de risco ecológico. O objetivo do estudo foi estimar o impacto do selênio nos pássaros da área e determinar a proporção de potencial de população aninhada com risco à exposição de selênio.

@RISK Usado para Avaliar a Exposição da Vida Selvagem ao Selênio
Pássarps de terras molhadas como o maçaricão e o avocet Americano estão expostos a selênio a partir de sua fonte de comida primária: invertebrados aquáticos. Alta exposição pode resultar em taxas de reprodução reduzidas e deformidades físicas. Segundo o Dr. Toll “Decidimos conduzir uma avaliação de probabilidade de exposição no local específico para estimar quanto selênio estava entrando nos ovos dos pássaros de forma que pudéssemos determinar se e até que ponto os pássaros estavam em risco e, se fosse o caso, como remediar a situação. Também foi importante fazer o melhor uso possível dos dados de concentração de selênio para minimizar o número de ovos necessários para o estudo, porque medir os selênios nos ovos requer amostragem destrutiva.”

A equipe começou com uma amostragem extensa dos invertebrados aquáticos para caracterizar as concentrações de selênio nas águas molhadas. O BestFit da Palisade foi usado para encaixar os dados coletados em uma função de distribuição de probabilidade representativa. O @RISK foi então usado para multiplicar a função de distribuição de concentração de selênio através de um fator probabilístico de transformação trópica (TTF). O TTF é um modelo de bioacumulação criado usando o BestFit e dados coletados ao redor da região oeste do Estados Unidos pelo Serviço Nacional de Pesca e Vida Selvagem. Os modelos TTF probabilísticos modelam o movemento de selênio dos invertebrados para os ovos.

A modelagem no @RISK e no BestFit produziu previsões de concentrações de selênio distribuídas espacialmente. O modelo foi calibrado por análise Bayesiana de Monte Carlo, usando um pequeno número de amostras de ovos e dados de localização de ninhos. Segundo o Dr. Toll, “Nós usamos a análise de Monte Carlo do @RISK para considerar incerteza nas observações de concentração de selênio nos ovos devido a erros de amostragem e medida, e incerteza nas variações das previsões de bioacumulação de um lugar para outro.”

@RISK Leva Crédito pela Eficiência e Preservação da Vida Selvagem
Quão importante o @RISK foi para o projeto? Por causa da modelagem probabilística conduzida com o @RISK e BestFit, a equipe pode obter estimativas de exposição com uma confiabilidade que, para ser atendida de outra forma, iria requerer consideravlemente mais amostragem destrutiva dos ovos para superar a imprecisão das estimativas não específicas de bioacumulação. “Graças ao @RISK, nossa descobertas foram mais precisas e levaram a medidas efetivas para melhorar a qualidade da água das terras molhadas” diz o Dr. Toll. Ele continua “Nós demonstramos com sucesso uma maneira prática de combinar rigorosamente dados de relevo, um modelo regional de bio-acumulação e dados de concentração química de locais específicos para estudar os níveis de exposição química da população.”

Melhores Critérios de Qualidade de Água e um Novo Santuário
Uma quantidade de resultados significativos resultou do estudo. Primeiro, o estudo quantificou os efeitos do selênio na população de pássaros na área e levou a ações corretivas implementadas pela Kennecott Utah Copper. Em segundo lugar, levou ao desenvolvimento de um modelo que pode ser usado para implementar os critérios recém propostos pela EPA para critérios de qualidade de água com relação ao selênio. O critério proposto é um concentração de tecido que serve como um indicador de problemas com a qualidade da água. A EPA (1) definiu que “onde a translação do benchmark do tecido para uma concentração de água for necessário, um fator de bio-acumulação (BAF) que pode variar substancialmente de um lugar para o outro deve ser estabelecido.” O estudo de Kennecott preparou o caminho para o desenvolvimento de um modelo de bio-acumulação específico para um local que faz essa translação (2, 3).

Como parte dos compromissos para as autoridades de meio ambiente, a Kennecott Utah Copper também criou a Reserva de Pássaros Marinhos na Terra com 3.670 acres na parte sul do Great Salt Lake. A terra molhada e as comunidades próximos associadas fornecem habitats imporantes para alimentação, descanso e procriação das árvores migratórias. A Reserva atrai agora cerca de 150.000 pássaros migratórios e fauna marinha a cada ano, e fornece habitat para muitas outras espécies de vida selvagem.

» @RISK
» Kennecott Utah Copper – compromisso para desenvolvimento sustentável

REFERENCES

1. EPA. 2004. Notice of Draft Aquatic Life Criteria for Selenium and Request for Scientific Information, Data and Views. Federal Register 69(242): 75541-75546. December 17, 2004.

2. Toll, J.E., L.M. Tear, D.K. DeForest, K.V. Brix and W.J. Adams. 2005. Setting Site-Specific Water Quality Standards Using Tissue Residue Criteria and Bioaccumulation Data. Part 1: Methodology. Environ Toxicol Chem 24(1): 224-230.

3. Brix, K.V., J.E. Toll, J.E., L.M. Tear, D.K. DeForest and W.J. Adams. 2005. Setting Site-Specific Water Quality Standards Using Tissue Residue Thresholds and Bioaccumulation Data. Part 2: Calculating Site-Specific Selenium Water Quality Standards for Protecting Fish and Birds. Environ. Toxicol Chem 24(1): 231-237.



Palisade Brasil
Praia de Botafogo,
nº 501 Sala 101, Botafogo
22250-000 Rio de Janeiro-RJ
+55 (21) 3958 1443
+1 607 277 8000 x318 tel
800 432 7475 x318 E.U.A.
vendas@palisade.com
Palisade
800 432 RISK (US/Can)
+1 607 277 8000
sales@palisade.com
www.palisade.com
Palisade EMEA & India
+44 1895 425050
salesEMEA@palisade.com
www.palisade.com
Palisade Asia-Pacific
+61 2 8249 8239
salesAP@palisade.com
www.palisade.com
Palisade アジア・
パシフィック
東京事務所
+81 3 5456 5287 tel
sales.jp@palisade.com
www.palisade.com/jp/
Palisade Latinoamérica
+1 607 277 8000 x318
800 432 RISK (EEUU/Canadá)
+1 607 277 8001 fax
+54 (11) 5252-8795 Argentina
+56 2581-3492        Chile
+507 836-5675        Panamá
+52 55 5350 2852   México
+51 1 708-6781       Perú
+57 1 508-5187       Colombia
servicioalcliente@palisade.com
ventas@palisade.com
www.palisade-lta.com