Fabricante do software líder mundial em análise de risco e de decisão
ENGLISH I ESPAÑOL I PORTUGUÉS I FRANÇAIS I DEUTSCH I 日本語 I 中文 I РУССКИЙ
Live Chat


O novo DecisionTools Suite 6 apresenta uma ampla gama de melhorias em todos os tipos de análises. A seguir, apresentamos um resumo dos novos recursos de cada produto. Clique nos ícones para ver vídeos breves sobre os novos recursos.

 

 

Novidades: Todos os produtos do
The DecisionTools Suite

 

Compatibilidade com Office 2013/Windows 8

Agora, todos os produtos do DecisionTools Suite são totalmente compatíveis com as versões de 32 e de 64 bits do Excel 2013, Project 2013 e Windows 8, e com as versões anteriores do Office e do Windows, até o Office 2003/Windows XP.

 

Versão em português

O DecisionTools Suite 6 foi traduzido integralmente em português. Todos os menus, caixas de diálogos, arquivos de ajuda e arquivos de exemplo são apresentados em português. O DecisionTools Suite também está disponível em inglês, espanhol, alemão, francês, japonês e chinês. Além disso, todos os produtos do DecisionTools Versão 6.1 possibilitam escolher o idioma desejado, direto no instalador – o que é perfeito para empresas globais.

 

Novos exemplos em português

Todos os produtos do DecisionTools agora incluem arquivos de exemplo revisados e atualizados, além de novos exemplos para uma variedade de setores. Todos os exemplos são organizados com clareza e são fáceis de navegar. Os vídeos estão disponíveis em português e demonstram o software do DecisionTools Suite em português.

Os exemplos foram elaborados e redigidos pelo renomado autor e professor do programa de MBA, Dr. Chris Albright, da Universidade de Indiana. Eles fornecem orientação passo a passo para configuração e execução de modelos para aplicações em uma variedade de setores.

 

Novidades:
@RISK 6

 

Faixa de opções e barra de ferramentas simplificadas

A faixa de opções e barra de ferramentas do @RISK foi melhor organizada para possibilitar acesso rápido às tarefas mais comuns e facilitar a localização das diversas análises.

 

Mini barra de ferramentas instantânea

Da mesma forma que no Excel, agora o @RISK apresenta uma pequena barra de ferramentas para acesso rápido a gráficos e funções; ela aparece instantaneamente no ponto do modelo em que você está trabalhando, economizando tempo, pois não há necessidade de arrastar com o mouse. Para ativar a mini barra de ferramentas, é só manter clicado o botão esquerdo do mouse.

A mini barra de ferramentas do @RISK fornece acesso rápido às tarefas mais comuns.

 

Estatísticas detalhadas e dados com gráficos

Agora o @RISK apresenta estatísticas detalhas e dados da simulação na mesma janela que os gráficos de resultados da simulação. Isso simplifica a análise, eliminando a necessidade de abrir várias janelas. Você também pode ocultar essa informação e exibir apenas o resumo estatístico, como fazia antes.

O @RISK permite que ver as estatísticas detalhas e os dados da simulação na mesma janela que o gráfico.

 

Gráfico de tornado de dois lados com alteração nos valores de input

Este novo modelo de gráfico de tornado com "dois lados" mostra o impacto positivo e negativo de um input nos valores efetivos de output - informação muito valiosa para gerentes, e muito mais fácil de entender do que os coeficientes estatísticos. Esse gráfico utiliza "cenários de input" para calcular o efeito de cada input em uma estatística de output específica, como média, percentil e outras.

O gráfico de tornado de dois lados do @RISK é muito mais fácil de entender, o que o torna ideal para relatórios em nível gerencial.

 

Gráficos de dispersão também foram integrados nesse gráfico de tornado de dois lados, para facilitar o entendimento e destacar diferentes cenários de input.

Ao arrastar uma barra de um gráfico de tornado, você pode ver um gráfico de dispersão do impacto de determinado input no output, e entender os diversos cenários.

 

Gráficos de radar

Novos gráficos de radar mostram a mudança na média de determinado output (ou qualquer estatística especificada) em todo o intervalo de valores de todos os vários inputs. É um novo modo de exibição, muito intuitivo, da análise de sensibilidade - ótimo para relatórios e apresentações.

Os gráficos de radar do @RISK mostram de modo intuitivo como um output muda conforme é feita uma mudança em determinado input.

 

Integração com o Microsoft Project para modelagem de risco do projeto

O @RISK agora é efetivamente uma ferramenta de plataforma cruzada, possibilitando a modelagem de risco nos próprios cronogramas do Microsoft Project, com o mesmo @RISK que você usa para modelagem no Excel! Agora você pode fazer a modelagem de risco do seu projeto no Excel, em vez de no Microsoft Project, o que oferece um novo nível de flexibilidade. Uma nova camada de interface reproduz o seu cronograma no Excel, permitindo que você use todas as fórmulas do Excel e as funções do @RISK. Quando você efetua uma mudança no seu modelo, no Project ou no Excel, a mudança é aplicada no outro programa, por meio do recurso de sincronização do @RISK. (Observe que toda a modelagem do @RISK é efetuada no Excel, logo, as funções do @RISK não aparecem no Microsoft Project.) Em seguida, efetue a simulação de seus cronogramas do Project no próprio Project, usando o mecanismo de cálculo de cronogramas do Project.

A utilização do Excel para modelagem de risco no Project proporciona muitas vantagens. Você pode criar com facilidade registros de risco no Excel para o seu modelo do Project, usando as novas funções "RiskProject". Você pode integrar análises de custo e agendamento. Você pode padronizar tudo em uma única ferramenta - o @RISK - de modo a atender às necessidades de gerentes de projeto, gerentes de custo, analistas financeiros - todos que lidam com o risco na sua empresa. Além disso, usar uma única interface significa menor curva de aprendizagem para todos.

Você pode efetuar a modelagem de risco nos seus cronogramas do Microsoft Project diretamente no Excel. Aqui, estamos definindo uma distribuição que inclui a duração incerta de uma tarefa.

O @RISK pode mostrar a probabilidade da conclusão do projeto dentro do prazo ou em uma data específica.

 

Melhor distribuição com o recurso BestFit®

O @RISK agora oferece bootstrap integrado para possibilitar a estimativa de intervalos de confiança para parâmetros de ajuste. Esse processo automatizado economiza tempo substancial e proporciona maior grau de confiança nos ajustes.

Há, também, novas medidas de adequação dos ajustes. Você pode manter certos parâmetros fixos durante os ajustes, e ajustar os tamanhos de dados até 10 milhões de valores (anteriormente, 100 mil).

Além de tudo isso, o @RISK agora oferece novo ajuste de lotes de conjuntos de dados. Há, até mesmo, uma matriz de correlações incorporada no ajuste de lotes.

Por fim, a função de ajuste instantâneo - RiskFitDistribution - em conjunto com as funções suplementares retornam estatísticas sobre os resultados dos ajustes em tempo real, à medida que novos ajustes são executados.

Os relatórios de ajuste mostram quais distribuições foram escolhidas e por quê, e incluem estimativas de bootstrap dos parâmetros ajustados.

 

Novos testes de adequação dos ajustes, bootstrap e ajuste em lote são alguns dos aprimoramentos feitos ao ajuste de distribuição do @RISK.

 

Modelagem de séries temporais

O @RISK agora oferece um novo conjunto de funções para simulação de processos de séries temporais, ou valores que mudam ao longo do tempo. Todas as projeções futuras de valores de séries temporais contêm incertezas inerentes, e o @RISK agora permite que você leve em conta essas incertezas, analisando toda a faixa de projeções de séries temporais possíveis no seu modelo. Isso é especialmente útil em modelagem financeira e simulação de portfólios.

Há funções disponíveis para 17 modelos de séries temporais estatísticas, inclusive ARMA, GBM, GARCH, entre outras. Essas funções são inseridas como funções de vetores no Excel.

O @RISK apresenta novas janelas para ajustar dados de séries temporais históricos a essas novas funções. Você pode aplicar animação aos resultados para demonstrar o comportamento de sua série temporal durante a simulação. Tudo isso é integrado na interface existente do @RISK.

O @RISK ajustou o processo de séries temporais estocástico de Média Móvel 1 (MA 1) a esta variável, que representa o preço de ação da Apple Computer.

 

Novas funções de distribuição

Novas funções de distribuição foram acrescentadas às mais de 40 funções já fornecidas pelo @RISK: DoubleTriang, Levy, Laplace, F, Extreme Value Min e Bernoulli.

Uma variedade de novas funções de distribuição foram acrescentadas ao @RISK para proporcionar uma flexibilidade ainda maior de modelagem.

 

Conversor para modelos do Crystal Ball

Um conversor automático foi acrescentado ao @RISK para possibilitar a abertura e execução de modelos de risco criados no Crystal Ball. O @RISK converte distribuições e outros elementos de modelos do Crystal Ball em funções nativas do @RISK, permitindo que você use todos os modelos antigos e atuais do Crystal Ball sem desperdiçar tempo.

 

 

Novidades:
RISKOptimizer 6 e Evolver 6

 

Mecanismo solucionador OptQuest

O OptQuest é um otimizador avançado e amplamente usado, e agora é disponibilizado no RISKOptimizer e no Evolver. O mecanismo OptQuest integra busca Tabu, redes neurais, pesquisa Scatter e programação linear/inteira em um único método composto. O programa possibilita encontrar ótimos resultados em muitos tipos de modelos, com muita rapidez.

O OptQuest suplementa o mecanismo existente de algoritmo genético, que continua disponível. O mecanismo a ser usado pode ser automaticamente selecionado pelo RISKOptimizer ou Evolver de acordo com o seu modelo, ou você mesmo pode escolhê-lo.

Maior integração entre o RISKOptimizer 6 e o @RISK

Agora é possível usar configurações de simulação em comum para o RISKOptimizer e o @RISK, o que elimina a necessidade de definições redundantes. Todos os comandos do RISKOptimizer agora estão disponíveis diretamente na faixa de opções do @RISK. Além disso, todos os relatórios, gráficos e recursos do @RISK podem ser usados para analisar a melhor solução encontrada pelo RISKOptimizer.

Todos os comandos do RISKOptimizer agora estão disponíveis diretamente na faixa de opções do @RISK.

 

Nova programação linear (somente no Evolver)

Se um problema de otimização for linear (isto é, tanto a função de otimização quanto as restrições forem lineares), o Evolver agora consegue solucioná-lo, usando um algoritmo de programação linear. Isso torna a otimização muito rápida e assegura que a solução encontrada seja a melhor solução possível. A programação linear do Evolver funciona com todos os tipos de variáveis (células ajustáveis): contínuas, inteiras e discretas.

Relatório de uma otimização à base de programação linear. Na primeira tentativa, o Evolver avalia a solução definida pelos valores da célula original e, imediatamente em seguida, começa a gerar a solução ótima, na segunda tentativa.

 

Melhor processamento de restrições
Com a adição do mecanismo de otimização OptQuest, as restrições geralmente são processadas de forma mais eficiente. Se uma restrição for linear, o Evolver e o RISKOptimizer nem experimentam as soluções que não atendem à restrição, o que torna a otimização mais rápida. O processamento de restrições não lineares também foi melhorado. Por exemplo, uma situação em que a otimização começa com valores de células ajustáveis que não atendem às restrições especificadas era difícil de resolver com as versões anteriores (e necessitava o uso do utilitário Constraint Solver). Com o OptQuest, esse tipo de situação não exige mais nenhum tipo especial de processamento.

Este é o registro das soluções experimentadas durante uma otimização com o RISKOptimizer. As restrições deste problema são lineares, portanto, todas as soluções geradas pelo RISKOptimizer são válidas (isto é, atendem às restrições).

 

Células ajustáveis discretas
Durante a otimização, o RISKOptimizer e o Evolver experimentam diferentes valores nas células ajustáveis, levando em conta os valores mínimo e máximo especificados. Contudo, nem todos os valores dentro do intervalo necessariamente são realísticos. Por exemplo, ao tomar decisões sobre níveis de produção, pode ser necessário levar em conta o fato de que o produto é fabricado em lotes. Pode ser que os níveis realísticos de produção tenham que ser múltiplos de 10. Agora, uma situação como essa pode ser representada no RISKOptimizer e no Evolver usando células ajustáveis "discretas". Células ajustáveis discretas também podem ser usadas para acelerar as otimizações: com células definidas como "discretas", há um menor número de soluções possíveis, assim, a melhor solução geralmente é encontrada com mais rapidez.

Este é o registro das soluções experimentadas durante uma otimização com o Evolver. Algumas células foram definidas como discretas, com tamanho de etapa igual a 10. Com essas células, o Evolver só experimenta valores que são múltiplos de 10.

 

 

Novidades:
PrecisionTree 6

 

Revisão bayesiana

O PrecisionTree agora permite inverter um ou mais nós de probabilidade em um modelo, para mostrar as probabilidades calculadas segundo a Regra de Bayes. Isso é muito útil quando as probabilidades do modelo não se encontram em uma forma que possa ser diretamente utilizada. Por exemplo, às vezes é necessário saber a probabilidade de ocorrência de um resultado, dados os resultados de um teste específico. A exatidão do teste pode ser conhecida, mas a única maneira de saber qual é a probabilidade desejada é "inverter" a árvore tradicional usando a regra de Bayes. Esse processo no PrecisionTree agora é fácil.

Por meio da revisão bayesiana, o PrecisionTree pode inverter uma árvore tradicional para apresentar de uma forma útil os resultados de probabilidade que você necessita.

 

Anexar subárvore simétrica

Este comando permite montar rapidamente árvores grandes, economizando muito tempo.

Você pode acrescentar mais subárvores às árvores existentes com toda a rapidez, usando o recurso Anexar subárvore.

 

Inserir nó

Agora você pode acrescentar facilmente um novo nó entre nós já existentes, de forma mais simples e com menos etapas que antes.

O comando Inserir nó economiza muito tempo ao editar uma árvore.

 

Copiar imagem para área de transferência

O PrecisionTree permite que você copie e cole qualquer parte de uma árvore de decisão no Word, PowerPoint ou qualquer aplicativo de relatórios ou apresentação. É só clicar com o botão direito do mouse em qualquer nó da árvore e copiar uma imagem da árvore inteira ou da subárvore daquele nó em diante.

O PrecisionTree permite que você copie e cole qualquer subárvore no Word, PowerPoint ou qualquer aplicativo de relatórios ou apresentação.

 

Outros aprimoramentos

O PrecisionTree aceita o dobro de inputs do que antes nas análises de sensibilidade. O gráfico de Sugestão de política agora apresenta mais informações sobre as vantagens das decisões corretas. Uma série de melhorias na interface facilita as referências de células, o acréscimo de ramos e outras tarefas comuns.

 

 

Novidades:
NeuralTools 6

 

Análise de sensibilidade de teste

A quantidade de dados disponível para treinamento de uma rede neural frequentemente é limitada, e obter dados adicionais pode ser muito dispendioso. A nova Análise de Sensibilidade de Teste ajuda a aproveitar ao máximo os conjuntos de dados pequenos.

Quando uma rede neural é treinada com um conjunto de dados pequeno, o subconjunto de dados usado para testar a rede neural também é pequeno, o que limita a confiabilidade dos resultados de testes. Esta nova análise ajuda a determinar se os resultados de teste são confiáveis, dada a quantidade de dados reservada para testes. Ela também pode responder a pergunta sobre o que ocorreria se o tamanho do subconjunto de dados fosse mudado, isto é, se essa mudança aumentaria a confiabilidade dos resultados.

O output da análise de sensibilidade de teste mostra a estabilidade dos resultados de teste correspondentes a diversos tamanhos de subconjuntos de dados reservados para testes.

 

 

Novidades:
StatTools 6

 

Melhores gráficos de dispersão

Agora, o StatTools inclui uma matriz que permite apresentar vários gráficos de dispersão entre variáveis em um mesmo relatório. Isso consolida os dados, economizando muito tempo.

Novas matrizes de gráficos de dispersão no StatTools permitem que você veja, como em uma sinopse, as relações entre muitas variáveis distintas.

 

Você também pode selecionar variáveis categóricas e associá-las a cores para preencher os pontos de dados, o que possibilita identificar as categorias em que os pontos se encontram.

O StatTools permite atribuir cores a diferentes categorias nos gráficos de dispersão. Por exemplo, aqui podemos ver a relação entre salário e despesas anteriores referentes aos dados de consumidores, com o sexo indicado pela cor.

 

Correlações de postos de Spearman e procedimento de covariância acrescentados ao StatTools

Com isso, é mais fácil identificar as correlações de postos de Spearman (correlações não lineares) nos dados do StatTools e poder usá-las no @RISK ou em outros recursos de modelagem.

 

Palisade Brasil
Praia de Botafogo,
nº 501 Sala 101, Botafogo
22250-000 Rio de Janeiro-RJ
+55 (21) 3958 1443
+1 607 277 8000 x318 tel
800 432 7475 x318 E.U.A.
vendas@palisade.com
Palisade Corporation
800 432 RISK (US/Can)
+1 607 277 8000
sales@palisade.com
www.palisade.com
Palisade EMEA & India
+44 1895 425050
salesEMEA@palisade.com
www.palisade.com
Palisade Asia-Pacific
+61 2 9252 5922
salesAP@palisade.com
www.palisade.com
Palisade アジア・
パシフィック
東京事務所
+81 3 5456 5287 tel
sales.jp@palisade.com
www.palisade.com/jp/
Palisade Latinoamérica
+1 607 277 8000 x318
800 432 RISK (EEUU/Canadá)
+1 607 277 8001 fax
+54 (11) 5252-8795 Argentina
+56 2581-3492        Chile
+507 836-5675        Panamá
+52 55 5350 2852   México
+51 1 708-6781       Perú
+57 1 508-5187       Colombia
servicioalcliente@palisade.com
ventas@palisade.com
www.palisade-lta.com