Fabricante do software líder mundial em análise de risco e de decisão
ENGLISH I ESPAÑOL I PORTUGUÉS I FRANÇAIS I DEUTSCH I 日本語 I 中文 I РУССКИЙ
Live Chat
Estudos de Caso

@RISK Ajuda a Definir Orçamentos para Serviços Sociais

Para controlar custos, governos estaduais estão cada vez mais tendendo a privatizar serviços sociais. Quanto um estado deve pagar a seus fornecedores privados para fornecer esses serviços? Esta é sempre uma questão complicada, e sua resposta depende de incertezas que sempre estão se alterando. A firma de consultoria do Dr. Anthony Broskowski, Pareto Solutions, ajuda os governos estaduais a planejar o processo de privatização para serviços de saúde mental e bem estar infantil. Psicólogo clínico e estatístico, o Dr. Broskowski orienta governos estaduais sobre as estruturas de custos administrativas dos fornecedores, o mix de serviços apropriados e os custos de longo prazo que pode esperar pagar por estes serviços bem como para os serviços tradicionais. Por mais de uma década, ele confiou no @RISK para fazer suas projeções orçamentárias.

O Corredor Risco-Retorno
“Contratar firmas para serviços sociais é um corredor risco-retorno que tanto o governo quanto os fornecedores devem caminhar“, diz o Dr. Broskowski, e as portas para muitas incertezas levam a esta corredor. Considere este trabalho recente para a cidade de Washington. D.C. O distrito desejava privatizar a componente de casas para adoção do seu programa de bem estar infantil, sob um sistema no qual o fornecedor receberia um valor pré-pago por cada criança necessitando alocação de adoção. Neste sistema o fornecedor assumiria os custos e os riscos de flutuações de custa até que a criança possa ser reunida à sua família ou alcance alguma situação permanente, como adoção. Para compensar a assunção destes riscos, o fornecedor deve reter uma porção do pagamento do governo após as despesas, com uma faixa de mais ou menos 85% dos custos esperados totais. O Dr. Broskowski diz que para calcular uma taxa justa a ser paga pelo serviço “Você não pode usar uma simples fórmula como o número de crianças x o número de dias de cuidado x o preço unitário.” Há muitos outros fatores, tais como

  • tendências locais da população
  • variabilidade de padrões de investigação
  • a composição de crianças por idade e a razão da remoção de casa
  • a taxa segundo a qual as crianças entram no sistema
  • os tipos de serviços e níveis de alocação que cada criança precisa
  • o custo unitário que os outros provedores recebem pelos serviços
  • por quanto tempo cada criança necessitará de cada serviço e permanece em cada local.

Adicionalmente, os modelos do Dr. Broskowski devem desenvolver as fórmulas para distribuir os riscos de forma mais equitativa entre o fornecedor e o governo. Estes riscos incluem pagamento de lucros além de um certo nível e provisões de perdas para os casos demais alto custo, tais como crianças medicamente frágeis.

Grandes Decisões, Grande Modelo
Claramente, a mistura de abordagens de orçamento corporativo e problemas sociais humanos não é para o analista de coração fraco. Os modelos do Dr. Broskowski são grandes simulações que percorrem longos períodos de tempo. Para uma projeção condado a condado dos custos para fazer upgrade de serviços de saúde mental no estado da Carolina do Norte, por exemplo, ele estima que seu modelo incorporou cerca de mil variáveis. Mas mesmos assim ele não considera o tamanho do modelo um problema. Tendo usado o @RISK inicialmente no início dos anos 90 para aplicar princípios de gerenciamento para definir benefícios de seguros de saúde mental para corporações top como a Federal Express e a Chrysler, ele chegou ao ponto de confiar na facilidade de uso até para os maiores modelos. De fato, embora ele freqüentemente treine seus clientes no uso do @RISK, ele confessa que por muitos anos ele fez pouca menção do seu uso do software da Palisade. “Eu não queria que estes outros caras—meus concorrentes—descobrissem como é fácil usar.”

Uma Equação Simultânea
“Com o @RISK,” diz o Dr. Broskowski, “o desafio real não é a modelagem. O desafio real é que as pessoas no governo aceitem o seu papel no compartilhamento de riscos. Como os fornecedores estão no negócio, o risco e retorno é mais fácil para eles do que para os representantes dos governos negociando contratos. Entretanto, novamente neste ponto, o @RISK é tão intuitivo que torna fácil mostrar às pessoas como equilibrar os riscos com as oportunidades e chegar a uma espécie de equilíbrio. Pode ajudá-los a ver realmente que este tipo de contrato é uma equação simultânea de risco e oportunidade.” O tipo de equação que pode ser resolvida por uma empresa chamada Pareto Solutions.

» @RISK
» Email Pareto Solutions



Palisade Brasil
Praia de Botafogo,
nº 501 Sala 101, Botafogo
22250-000 Rio de Janeiro-RJ
+55 (21) 3958 1443
+1 607 277 8000 x318 tel
800 432 7475 x318 E.U.A.
vendas@palisade.com
Palisade Corporation
800 432 RISK (US/Can)
+1 607 277 8000
sales@palisade.com
www.palisade.com
Palisade EMEA & India
+44 1895 425050
salesEMEA@palisade.com
www.palisade.com
Palisade Asia-Pacific
+61 2 9252 5922
salesAP@palisade.com
www.palisade.com
Palisade アジア・
パシフィック
東京事務所
+81 3 5456 5287 tel
sales.jp@palisade.com
www.palisade.com/jp/
Palisade Latinoamérica
+1 607 277 8000 x318
800 432 RISK (EEUU/Canadá)
+1 607 277 8001 fax
+54 (11) 5252-8795 Argentina
+56 2581-3492        Chile
+507 836-5675        Panamá
+52 55 5350 2852   México
+51 1 708-6781       Perú
+57 1 508-5187       Colombia
servicioalcliente@palisade.com
ventas@palisade.com
www.palisade-lta.com